Bem-vindo(a) ao Versus Acne.
+ Responder o Tópico
Página 3 de 23 PrimeiraPrimeira 1 2 3 4 5 13 ... ÚltimaÚltima
Mostrando resultados 21 até 30 de 226
  1. #21
    Cara, eu já perdi horas e horas fazendo pesquisas sobre o assunto. Não há nada de promissor que venha a substituir a isotretinoina pelos proximos 10 anos. Existe uma versão melhorada desse medicamento nos EUA, com menos efeitos colaterais, mas é só. Se chegar ao Brasil, será vendido a um preço exorbitante e sem opção de genérico, pois o genérico se aplica a determinado ativo, não a forma como foi manipulado e é disso que se trata essa nova isotretinoina.

    Fora isso, no máximo veremos uns tópicos melhorados, com combinação de ativos ou um novo retinóide topico.

    Li sobre uma luz intensa pulsada "2.0" com menos efeitos colaterais, que acabou de ser lançada na Coréia. E tem uma certa discussão recente sobre poder tomar antibióticos em doses ultra baixas, sem risco de resistencia, sem ação anti-bacteriana, apenas com ação anti-inflamatória, mas existem possíveis efeitos colaterais que estão tentando entender ainda. Talvez no futuro os médicos comecem a prescrever mais vezes essa dosagem.

    A própria prescrição da isotretinoina em doses baixas deve ser o que há de mais novo na medicina. Isso e o Epiduo.

    Existe um laboratório nos EUA que desenvolveu um novo análogo de vitamina D3 ativa, de uso sistêmico, que parece muito promissor no tto da acne. Estão esperando algum outro laboratório se interessar para desenvolver melhor isso e produzir. Talvez nunca chegue no mercado ou talvez leve uns 15/20 anos ainda. Acne - WARF

  2. #22
    Animador seu post......rs....Próximos 10 anos, como pode, né? Eu já tentei até autohemoterapia, entre outras coisas. Mas a genética me fez assim. Essa nova isotretinoína seria interessante, mas se for a um preço exorbitante é carta fora. Ainda perco muito tempo pesquisando também.

  3. #23
    Essa nova isotretinoína foi lançada com o nome de Absorica nos EUA, pelo laboratório Ranbaxy. Atualmente a Ranbaxy vende a isotretinoína genérica no Brasil, mas não é a mesma coisa.

    Essa nova isotretinoína pode ser tomada em jejum e parece aumentar menos os triglicerides e causar menos desconforto estomacal. Com relação aos demais efeitos colaterais, nada leva a crer que sejam menores.

    A propósito, os médicos estão descobrindo agora que a probabilidade de reincidiva da acne tem mais a ver com o tempo de supressão das glândulas sebáceas e menos a ver com a dose cumulativa de isotretinoina. Assim, existe a hipótese de que tomar o medicamento em doses baixas por um período longo pode aumentar a probabilidade de "cura" em relação a um tratamento com dose alta de curta duração, em que o paciente melhora no final do tratamento e fica apenas algumas semanas com a pele limpa antes de parar com o remédio. Eles precisam fazer mais pesquisas comparando as diferentes doses pra chegar numa conclusão.

    Isso explicaria porque eu tomei 4 vezes a isotretinoina e voltei a apresentar lesões todas as vezes. No meu terceiro tto, só melhorei no finalzinho e meu segundo tto durou apenas 5 meses.

  4. #24
    Essa sim é uma notícia animadora. Se tiver relação com o tempo em vez de com a dose, temos esperança. Eu tomei 3 vezes e nenhuma passei de seis meses. Você sabe a partir de quantas semanas ou cápsulas essa baixa dosagem passa a apresentar resultados?

  5. #25
    No meu caso, eu diria que a velocidade da melhora da pele na baixa dosagem é a mesma do que na dosagem normal. Depois de apenas 1 mês já melhora bastante.

    Uma coisa que não comentei e que acho relevante. Antes de iniciar esse tto eu tinha muitas lesões de foliculite no pescoço. Naquela área de barba. Muitas vezes inflamava e não raro aparecia uma espécie de cisto. Aquela região vivia manchada pois antes que a região pós foliculite tivesse tempo de melhorar, já aparecia outra lesão na região e assim sucessivamente. O tratamento com dose baixa acabou com esse problema. Foi uma solução 100% eficaz. Hoje em dia não tenho mais nada. Posso me barbear do jeito que eu quiser ali, sem problema algum.

    Acho que esse problema era até mais difícil de tratar do que a própria acne. E é um dos motivos que me fazem pensar bastante sobre continuar com o medicamento pelo máximo de tempo possível.

  6. #26
    Que interessante, também tenho um pouco desse problema. Evidente que não podemos nos dar ao luxo de não ter um tratamento e ao que tudo indica, no momento essa é a melhor opção. Acho que deve continuar sim. Será que uns dois anos ou pouco mais podem de fato curar? O que você acha?

  7. #27
    Curar é uma palavra meio forte né. Porém, analisando meu caso, percebo que depois de todos esses ttos que eu fiz, a acne persistente passou a se concentrar apenas em algumas regiões, em algumas áreas da pele. Antigamente eu tinha espinhas em qualquer ponto da face, hoje em dia as lesões aparecem/apareciam apenas em pontos específicos. É como se eu tivesse tido um resultado definitivo "parcial". Penso que os pontos onde a acne não secou definitivamente precisavam de mais tempo de tratamento para uma melhora definitiva. E provavelmente 2 anos de supressão da acne nessas áreas deve ser mais do que o suficiente. Eu apostaria nisso.

    Eu não tomaria o medicamento por mais de 2 anos seguidos, entretanto. Mas eu soube de uma pesquisa em que a isotretinoina foi administrada por 3 anos seguidos, em dose baixa e imediatamente após um tratamento com dose normal, como forma de "administração". E esse foi o máximo de tempo com o remédio que pude descobrir. Mesmo assim, 2 anos me parece ser tempo o bastante. Nada impede que, se a acne voltar depois disso, você volte a fazer mais um ciclo de 2 anos e assim indefinidamente, enquanto não estiver tendo nenhum efeito colateral importante e seus exames de sangue estiverem ok.

  8. #28
    E só pra constar. Quem for iniciar o tto com isotretinoina pela primeira vez na vida, eu recomendo ficar com a dosagem convencional. Deve-se começar ainda que seja com a dose mínima de 0.5mg/kilo e daí chegar até a dose acumulada de 180mg/kilo. Se depois disso a acne voltar, dai sim apelar para a baixa dosagem, para algo entre 20 e 60mg/ semana por um tempo bem longo (2 anos). Se você começa com a baixa dose logo de cara e a acne volta, chances são de que voce culpe a dosagem e nao o fato de a sua acne ser mais persistente, sua genética ser ruim ou a sua "sorte" não ser a melhor. E a chance de reincidiva é sempre muito alta, independente da dose que você tomar. Daí é melhor começar com o que há de mais "provado" na medicina primeiro e só depois tentar uma abordagem diferente. Se eu fosse médico eu jamais começaria com a baixa dosagem também, porque se o tto não desse certo, meu paciente iria me fuzilar e jogar toda a culpa em mim.

  9. #29
    Minha dermato disse que sem lavar o rosto com um bom sabonete eu jamais conseguirei, mas nem.é meu objetivo. Já faz parte da rotina há anos, mas só de não depender do tratamento com ácidos pra mim já é grande coisa. Espero um dia chegar nesse patamar.

  10. #30
    Eu percebi que definitivamente meu cabelo esta caindo por causa da isotretinoina. Esse é um efeito conhecido do medicamento. Esses dias tomei um susto quando percebi uma coroa na minha cabeça numa daquelas câmeras de vigilância que instalam em farmácias, lotericas, etc. Tentei meio desesperadamente ajeitar o cabelo e tentar disfarçar. É meio triste.

    Eu li muito a respeito. Desde que eu interrompa o medicamento, a perspectiva é de que o cabelo volte a crescer totalmente, mas pode levar meses. Reduzir a dose é uma opção, mas como minha dose ja eh muito baixa, não creio que seria possível.

    De qualquer forma meu último exame apontou um nivel de colesterol bem alto. É improvavel que eu ganhe outra receita do remédio. Aliás acho que ja nem quero isso.

    Eu li que a loção minoxidil serve para esses casos de queda de cabelo induzida por medicamento. Só que no início do tratamento a queda pode se agravar e não sei se eu suportaria isso. Além disso a loção costuma causar muita irritação e sensibilização. Como minha pele esta mais fragil por causa da iso, penso que eu teria uma reação maior do que o normal.

    Acho que pra mim "já deu" a isotretinoina. É um medicamento maravilhoso e meu tratamento contra a acne sem ela vai ser muito dificil. O jeito vai ser voltar a velha paranoia de alimentação, suplementos, produtos tópicos. Coisas que eu ja disse que não adiantam muito, mas não tenho nenhuma outra opção. Eu que não quero acabar careca nessa luta contra as espinhas.

    Eu ja tive esse problema de queda no meu terceiro tto com isotretinoina. Há 7/8 anos atras. Só que desta vez a coisa foi pior, talvez pelo fato de eu estar mais velho e ter menos cabelo do que tinha naquela epoca. Por isso desta vez a queda acabou deixando essas falhas no couro cabeludo.


 

Permissões de Mensagem

  • Você não pode postar novos tópicos
  • Você não pode postar respostas
  • Você não pode postar anexos
  • Você não pode editar seus posts